13 alimentos que você deve parar de comer para emagrecer

É comum as pessoas escolherem dietas, geralmente, aquelas que prometem a perda mais rápida de peso, o que é um erro, por vários motivos, entre eles, porque esse tipo de dieta, geralmente, é muito restritiva, o que acaba, segundo pesquisas, fazendo com que a grande maioria não chegue ao final abandonando-a por não conseguir dar seguimento.

Por isso, volta e meia frisamos por aqui que é fundamental encontrar uma dieta que possa emagrecer, mas dentro de sua realidade, não adianta tirar completamente carboidrato se sabe que não conseguirá viver a vida toda sem ele, e assim, além de voltar a engordar, será ainda mais difícil voltar a emagrecer.

Ok, se precisa emagrecer urgente, nesse caso, a dica é procurar a ajuda de um profissional que lhe passará uma receita dentro de suas possibilidades.

O mais certo e que, comprovadamente, costuma ser decisivo, evitando o efeito sanfona, é procurar uma reeducação alimentar, assim a perda de peso será gradativa, mas definitiva.

Levando em conta que é enorme a quantidade de toxinas as quais uma pessoa está exposta constantemente, uma boa forma de iniciar uma dieta é através de uma desintoxicação, que além de eliminar quilinhos, também mandará embora o inchaço.

Para quem não sabe, durante a noite o organismo tenta fazer a desintoxicação, mas como é muita coisa, acaba não conseguindo, e então, ele retém líquido para tentar diluir todas as toxinas, e esse é o motivo de muitas pessoas acordarem inchadas e sem fome.

Por isso, é interessante começar uma dieta pelo detox, embora mesmo quem não quer perder peso ou fazer uma dieta, deveria investir em uma desintoxicação.

Ao se desintoxicar, a pessoa acorda bem, se sentindo leve, por isso, mostraremos agora uma lista de alimentos que você deve parar de comer para emagrecer e, de quebra, ainda promover um detox:

Veja o que você deve parar de comer para emagrecer

1- Industrializados

Se por um lado eles são fáceis de consumir – na maioria das vezes, é só abrir e comer, no máximo, esquentar no microondas ou no forno, por outro, os alimentos embalados e praticamente prontos para o consumo, atingem o metabolismo de maneira mais agressiva do que se possa imaginar, muito pelo fato da maioria conter grande quantidade de conservantes, adoçantes, glutamato monossódicoe quase nenhum nutriente, e por isso ele está na lista dos alimentos que você deve parar de comer para emagrecer.

2- Farinha branca

A farinha branca é um ingrediente pobre em nutrientes e de alto índice glicêmico, aumentando a taxa de glicose no sangue e, por isso, o consumo em excesso está associado ao aumento de triglicérides e incidência de diabetes, obesidade e doenças crônicas

3- Açúcar

O açúcar é considerado uma caloria vazia, ou seja, é um alimento de alto valor calórico, mas que não agrega em nutrientes e por isso deve ser consumido com moderação, o excesso de energia ingerido acaba sendo estocado na forma de gordura, assim quando diminuímos o consumo de açúcar é mais fácil manter o peso. O excesso pode causar diabetes

4- Sal

o alto consumo de sódio está associado a uma série de problemas de saúde como, por exemplo, a retenção de líquidos no corpo e o aumento da pressão arterial (podendo até causar infartos e derrames), esconda o saleiro, é outro que você precisa parar de comer para emagrecer.

5- Carnes vermelhas

Além das altas calorias, outro grande problema das carnes vermelhas é carregar ácido araquidônico, uma substância pró-inflamatória que, em excesso, deixa o organismo resistente à perda de peso.

6- Defumados

Por ter alto teor de sódio, este tipo de alimento não é recomendado para as pessoas que fazem dieta para controlar o sal, ou seja, pessoas hipertensas.

7- Laticínios

Muitos laticínios contêm uma grande quantidade de calorias e de gordura, o que não é aconselhável em uma dieta.

8- Embutidos

Para tornar esses alimentos mais duráveis e saborosos, é necessário a utilização de fontes de gordura, alto teor de sódio e inúmeros aditivos químicos, os mais comuns são: aromatizantes, corantes, antioxidantes, estabilizantes, conservantes e acidulantes. Eles são responsáveis por sabor, cheiro e aspecto natural dos alimentos industrializados.

9- Massas

As massas são ricas em carboidratos e dependendo do molho a ser usado as calorias triplicam. Os carboidratos complexos são capazes de enviar glicose aos poucos para o sangue, desta forma ajudam a manter as taxas normais de glicemia e gerar energia, se o consumo exceder os valores normais, e o gasto de energia for mantido, haverá um “estoque” de energia que por sua vez será armazenada em forma de gordura no organismo.

10- Bebidas alcoólicas

O etanol é uma caloria vazia e que não possui nutrientes para o corpo, por isso contribui para oaumento de peso, além de afetar o organismo e prejudicar na absorção dos nutrientes oriundos de outros alimentos.

O organismo entende o álcool como tóxico e leva à excreção de outros nutrientes da dieta. Isso acaba afetando o metabolismo e o crescimento de massa muscular, além de gerar desidratação e queda de desempenho.

11- Alimentos que contêm glúten

O consumo de alimentos que contém glúten, como a farinha de trigo, a cevada e centeio, podem provocar inchaço abdominal em algumas pessoas, portanto, também deve parar de comer para emagrecer!

12- Frituras

As frituras possuem muitas calorias e não são nutritivas, além de poder causar pressão arterial e aumentar os níveis de colesterol, pare já!

13- Refrigerantes

E fechando a listinha de alimentos que você deve parar de comer para emagrecer, está orefrigerante, que engorda e pode ser considerado o vilão da dieta de muitas pessoas. Ele pode causar a perda de nutrientes e minerais importantes, como o cálcio, além de ser uma bebida altamente doce.

Por copo, o refrigerante possui em média 9 colheres de chá de açúcar. E o light ou diet também não é legal, pois embora não engorde, possui muita química e uma dose de sódio muito alta, que pode causar hipertensão arterial, cáries, glicose e diabetes.

Além de mais, o consumo regular do refrigerante diet pode diminuir a função renal, aumentar a vontade de comer doce (favorecendo a obesidade), além de alterar a formação óssea e dos dentes.

Fonte: http://www.sitedebelezaemoda.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline