4 passos para o fim do sedentarismo

As rotinas em escritório transformam cada vez mais pessoas em sedentários. A preocupação da OMS(Organização Mundial da Saúde) é grande pois a cada ano, cresce o número de obesos no Brasil. Ter uma vida sedentária pode representar diversos problemas futuros com os quais não nos preocupamos quando somos jovens. A OMS recomenda que sejam praticados no mínimo 30 minutos de atividade física diariamente mas às vezes o tempo simplesmente não é o suficiente, não é verdade?

Não, não é verdade! Muitas vezes o sedentarismo está mais ligado à preguiça que à falta de tempo em si. Existem diversas formas de combater este mal e decidimos reunir algumas dicas para você abandonar de vez esta vida parada e se movimentar agora mesmo.

Coloque um contador de passos no seu telefone

Existe diversos aplicativos para smartphones que contam os passos utilizando o GPS para isso. A vantagem de um contador de passos é você saber se está andando muito ou pouco. Estima-se que para ser considerada ativa, uma pessoa deve andar no mínimo 10.000 passos por dia. Baixe um bom aplicativo de contar passos na Play ou Apple Store e tente aumentar sua meta. Se em um dia você andou 1000 passos, tente andar 1100 no outro. Se você pega ônibus, desça um ponto antes do seu ponto de destino.

Beba água em uma caneca

Utilize uma caneca para beber água em seu trabalho, não uma garrafinha. Como a caneca comporta menor capacidade de água, você terá que se levantar para enchê-la mais vezes ao dia do que faria com uma garrafa. Mas atenção! Não tenha preguiça de beber água por isso. A intenção aqui é ser o mais saudável possível.

Deixe o carro em casa para ir à padaria

Vá à padaria perto da sua casa à pé. Se a preguiça estiver maior que a vontade de não ser sedentário, pense na gasolina. Pensar em como seu bolso será atingido ajuda a controlarmos atitudes impensadas.

Lute contra você mesmo

Ninguém disse que seria fácil abandonar uma vida inteira de sedentarismo, mas você consegue. Se em um dia tiver preguiça, pense no futuro e em como “você do futuro” agradecerá pelas suas atitudes do presente.

 Abandonar hábitos ruins como o sedentarismo não é fácil, mas também não é impossível e você só conseguirá fazê-lo se tentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline