A dieta ideal para quem tem gastrite

Gastrite é uma doença que atinge muitas pessoas, tem várias causas, e os principais sintomas são queimação, azia e dor no estômago, podendo ou não ser acompanhados de náuseas e vômitos.

Muitas vezes ficamos confusos, sem saber o que podemos e o que não podemos comer. Vamos ver qual é a dieta para gastrite e o que deve ser evitado no dia a dia!

Gastrite – recomendações

A gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago. Alimentos ácidos, como as frutas cítricas, os que aumentam a produção de suco gástrico, como o café, de difícil digestão e que irritam o estômago, como os alimentos gordurosos, devem ser evitados.

Algumas recomendações também devem ser seguidas, como comer pequenas porções com intervalos de no máximo 4 horas, evitando o estômago vazio, e comer devagar, mastigando bem os alimentos.

Dieta ideal para quem tem gastrite

– Frutas não ácidas como a banana, pera, maçã, mamão, goiaba e laranja lima podem ser consumidas.

– Probióticos, como os leites fermentados e iogurtes, mantêm as bactérias boas doestômago que ajudam na recuperação da mucosa; ainda que se tenha restrição ao leite, neste caso o custo benefício justifica o consumo.

– Verduras e legumes refogados. Na crise, evite comê-los crus.

– Sucos verdes de couve, espinafre e salsinha são ótimos para o estômago.

– Chás e bebidas sem cafeína. O chá de alecrim, hortelã e espinheira santa são ótimas pedidas para acalmar e diminuir a acidez.

– Pães integrais

– Queijo branco

– Tempere com ervas finas

– O suco de babosa (aloe vera) tem alto poder cicatrizante.

– Biomassa de banana verde também ajuda na recuperação.

O que evitar com gastrite

Além das já citadas frutas cítricas, café e alimentos gordurosos, deve-se evitar o consumo de:

– Doces, chocolates e mascar chicletes

– Molhos ácidos como de tomate, mostarda e catchup.

– Carnes e peixes gordos, inclusive os embutidos.

– Refrigerantes e chás com cafeína.

– Bolachas recheadas e bolos industrializados.

– Comidas gordurosas como frituras, massas folhadas e queijos amarelos.

– Tomate, pepino, kiwi, pimentão e melancia podem ser indigestos e irritantes.

– Cigarro e álcool pioram consideravelmente o problema.

– Produtos alimentícios industrializados com conservantes e corantes.

– Pimentas e comidas muito condimentadas

– Leite não melhora a dor gástrica e deve ser evitado.

Além da dieta ideal, fazer o acompanhamento médico/medicamentoso e lidar com os fatores emocionais como estresse e ansiedade, são muito importantes para contornar o problema. Lembrando que, em relação à dieta, os efeitos de determinados alimentos bem como o intervalo entre as refeições, pode variar de pessoa para pessoa. O auto conhecimento e percepção são de muito valor!

Fonte: lar-natural.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *