Corpo em forma rapidinho

Na hora de malhar, por mais que tenhamos força de vontade, muitas vezes inventamos algumas desculpas para faltar na academia. Seja a falta de tempo, a preguiça ou até mesmo o trânsito, tudo serve como “álibi” na hora de cobrar-se pela boa forma. Aliás, aqui está a primeiro falha: encarar a prática de exercícios físicos como uma obrigação, e não um momento de prazer.

E que tal se você colocar em prática algumas dicas bem funcionais para mexer o corpo? “Fazer o que gera prazer a você é sempre mais fácil e não requer sacrifícios”, explica José Alexandre Filho, professor de Educação Física com Excelência em Performance Humana pela Federação Internacional de Educação Física (Fiep).

Segundo o personal trainer, para ter o corpo em dia não é preciso ter uma academia em casa. “Basta manter a prática regular de uma atividade física e uma dieta balanceada. O sedentarismo vai além da ausência de um exercício de fitness. Ele está ligado a uma vida sem atividades como andar, subir escadas, faxinar, passear com o cachorro, carregar compras, brincar com os filhos, jogar bola ou andar de bicicleta, por exemplo. Minha dica é: mexa-se, torne-se ativo!”, fala Alexandre.

Para começar

 pulando cordaO autor dos livros Em forma com seu bebê, A vida começa aos 40 e Treino para mulheres explica que corrida ou caminhada são práticas naturais do desenvolvimento humano. “Engatinhamos, andamos, corremos e saltamos.

Então, na verdade, as pessoas sedentárias estão resgatando velhos hábitos que ficaram esquecidos devido à vida moderna de estresse e confortos quando voltam a caminhar e correr. Com alguns cuidados básicos, como locais adequados, calçados e roupas confortáveis, é possível que qualquer pessoa pratique uma dessas atividades. Basta que realize exames solicitados por um clínico antes de iniciar o treino e respeite seus limites, fazendo uso da prática moderada – afinal, tudo o que é exagerado pode fazer mal, certo?”

Para quem estava sedentário, o correto é começar caminhando moderadamente por cerca de 30 minutos, três vezes por semana. “Acrescente 10 minutos à sua rotina a cada duas semanas até completar 60 minutos. A partir daí você pode ensaiar pequenos trotes, por pequenos períodos, intercalando-os com a caminhada. À medida que seu condicionamento for aumentando, amplie o tempo de corrida. Em algumas semanas, você verá que não necessitará mais andar e conseguirá completar todo o trajeto correndo”, detalha o profissional.

Fazer pouco, mas sempre, adianta sim!

Engana-se quem acha que meia hora de caminhada por dia não serve para mudar seu corpo e melhorar sua saúde. “A atividade promove o aumento da demanda energética corporal e o aumento da eficiência da oxidação de gordura e carboidratos, favorecendo o emagrecimento. Trinta dias de caminhada são suficientes para consumir 1 kg de gordura corporal. Mas lembre-se: comer moderadamente é vital para que isso dê certo!”, alerta o professor.

[show_AdSense float=”left” ad_client=”pub-6882992803111965″ ad_slot=”4249269203″ ad_width=”300″ ad_height=”250″ ]

Mudando pra valer

Se você se empolgou ao ler esta matéria, já é um bom começo. Anote o que você pode fazer para queimar calorias com prazer:

– Olha só, uma hora de faxina pode queimar cerca de 300 kcal. É o mesmo que caminhar

devagar por 60 minutos.

– Já subir e descer escadas por meia hora pode queimar até 500 kcal.

– Fazer compras em um supermercado pode fazer você perder até 270 kcal, porém, fuja da

seção de biscoitos e chocolates!

– Carregar um bebê por uma hora pode queimar cerca de 140 kcal, acredita?

– Dormir também queima calorias! Cerca de 60 kcal a cada 60 minutos.

– Dançar rapidamente por uma hora pode fazer você queimar 605 kcal.

– Fazer amor pode queimar mais de 200 kcal, que bom!

É muito válido usar a criatividade e exercitar-se em casa! Vale subir escadas, elevar objetos, arremessar bolas, saltar, agachar… Tudo isso com muita cautela para não causar estragos na casa e muito menos em você!, complementa Alexandre.

Fonte: dica para mulher