Doença na grama os fungos podem destruir o seu gramado

O tipo de grama mais utilizada nos jardins são as esmeraldas que possuem uma coloração verde, bastante intensa, suas folhas são pontiagudas, pequenas e estreitas. A preferência por elas é devido a sua facilidade para adaptar-se aos mais diferentes ambientes, podem ser colocadas em condomínios, playgrounds,  campos esportivos, entre outros. Quando bem tratada ela retribui com um gramado muito macio e bonito.

De acordo com o agrônomo, Luciano Rós Carpanêz, há alguns tipos de doenças que podem prejudicar a saúde da grama e o mais comum é o Rizoctonia. “É um tipo de fungo que ataca a grama principalmente nas estações em que a temperatura fica mais elevada e a umidade é mais baixa. Nesse período a grama está menos fértil e por isso fica mais suscetível”.

A atenção é o que vai ajudar a manter o seu jardim nas melhores condições, observá-lo é muito importante, afinal, é a forma como você vai conseguir detectar o seu estado. “Pela aparência da grama dá pra perceber se ela está saudável ou não. A grama doente tem um aspecto seco, como se estivesse queimada de sol”, explica o agrônomo.

Geralmente quando esses fungos atacam, é preciso terminar de matar toda a grama para somente então fazer uma fertilização solo e colocar um novo gramado, totalmente saudável, ma há casos em que o tratamento é possível. “quando a doença atinge uma porcentagem pequena do gramado, pode-se tratar apenas aquela área atingida, mas isso dificilmente acontece devido ao alto custo do fungicida”,afirma Luciano.

Para se precaver contra futuros fungos que podem destruir seu jardim, é importante ser prudente desde o início. No momento, quando for comprar a grama, exija um bom profissional que te ofereça a garantia de qualidade e possa auxiliá-lo quanto aos cuidados que o seu jardim merece. A fertilização com fungicidas também é fundamental.Trate sua grama com carinho e desfrute sempre de uma bela paisagem.

Fonte: EstaçãodaMulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *