Por que consumir alimentos de época?

Alimentos de época – Inverno

Por que consumir alimentos de época?

Os alimentos de época são produzidos durante as estações climáticas favoráveis ao bom desenvolvimento das plantas. Cada espécie ou variedade vegetal tem preferência por um determinado clima. Consequentemente, a qualidade de seus frutos (ou legumes), folhas, flores e raízes, dos quais nos alimentamos, é muito melhor. A quantidade produzida também é bem maior.

Os alimentos de época são:

– mais saborosos;
– mais coloridos;
– mais suculentos;
– mais naturais, pois requerem menor uso de agrotóxicos para se desenvolverem;
– mais nutritivos;
mais baratos, pois são produzidos em maior quantidade;
– mais duráveis, e portanto… mais saudáveis!

[show_AdSense float=”left” ad_client=”pub-6882992803111965″ ad_slot=”2561809310″ ad_width=”300″ ad_height=”600″ ]

Dicas para o Inverno:
  • Junho:

1) Frutas: fruta-do-conde, jaca, laranja-baía, laranja-lima e mexerica.
2) Legumes: batata-doce, cará, chuchu, gengibre, inhame, mandioca, e mandioquinha.
3) Verduras: agrião, brócolis, cenoura com folhas, erva-doce, milho-verde, nabo, orégano, rabanete, rúcula e salsa.

  • Julho:

1) Frutas: caju, kiwi, laranja-baía, laranja-lima, limão-galego, mexerica, morango e tangerina poncã.
2) Legumes: cará, ervilha (leguminosa), inhame, mandioca, mandioquinha.
3) Verduras: agrião, alho-poró, brócolis, cebolinha, cenoura com folhas, chicória, coentro, couve-manteiga, couve-flor, erva-doce, espinafre, milho verde (cereal), moiashi, mostarda, nabo, rabanete, repolho, rúcula e salsa.

  • Agosto:
1) Frutas: caju, carambola, jabuticaba, laranja-baía, laranja-lima, limão-rosa, maçã Fuji, mexerica, morango, nêspera, e tangerina murcote.
2) Legumes: berinjela, cará, cogumelos, ervilha, inhame, mandioca e mandioquinha.
3) Verduras: agrião, almeirão, brócolis, cenoura com folhas, chicória, coentro, couve- manteiga, couve-flor, erva-doce, escarola, espinafre, louro, mostarda, nabo, orégano, rabanete e rúcula.
 
Fruta da época é mais nutritiva e até 5 vezes mais barata!!!
 
Os resultados das análises revelam grandes diferenças em nutrientes face à fruta fresca: menores quantidades de fibra, potássio e ácido fólico”.

Além disso, pode pagar até 5 vezes mais por dose, quando comparam o preço destes substitutos de frutas com o preço da fruta fresca na época correta.