Quando sua dieta saudável não é tão saudável.

Quando sua dieta saudável não é tão saudável. Basta evitar estes 4 erros comuns das dietas.

Um dos dias mais felizes da minha vida foi quando eu descobri que o chocolate (sim, chocolate!)  Foi realmente bom para mim. Os doces cremosos que eu comia nas merendas desde que eu era criança. Eu alegremente vou encher meu carrinho de compras com balas e sacos de chocolate – escuras, é claro – e vou me enfartar de #comer kkk.

O chocolate escuro, embora, sem dúvida, saudável em pequenas quantidades, também é carregado com açúcar e gordura. Então tudo que falei acima foi sonho desculpa.

O problema é que não há nenhuma solução rápida quando se trata de alimentação saudável.

“A dieta saudável  se baseia em um compromisso de vida, comer os alimentos certos e comer da maneira correta “, diz Sari Greaves, RD, em nutrição diretor Step Ahead Centro de perda de peso em Bedminster, Nova Jersey, e um porta-voz da American Dietetic Association (ADA).

Mesmo se você já sabia disso, você ainda pode se perder quando tentar comer mais saudável.

Aqui estão alguns dos erros mais gritantes de dieta que as pessoas fazem, e como corrigi-los antes deles atrapalharem seus planos de alimentação saudável.

1. Uma das Maravilhas Alimentares

Uma dieta promete que você pode perder 10 quilos em uma semana comendo tanto quanto você quiser – desde de que você só como sopa de repolho ou cookies.

Má idéia.

Se você vai em um extremo, a #dietadecurtoprazo “, você está se preparando para passar muita fome e depois comer compulsivamente”, diz Marjorie Nolan, MS, RD, CDN, CPT, um nutricionista em Nova York e porta-voz nacional ADA .

Ao cortar os grupos alimentares inteiros, você também está propenso a falhas nutricionais e tédio. Eventualmente, você vai implorar os alimentos que você está perdendo.

Mesmo quando a dieta funciona … não ensinam a manter a sua perda de peso. É apenas um chamariz para restringir calorias.

Algumas das dietas alimentares  também podem ter efeitos colaterais desagradáveis.

A perda de peso deve ser um processo gradual em que você perde a não mais do que meio quilo a 1 quilo por semana ao comer uma dieta bem equilibrada.

2. Vegetarianismo

Mais de 10 milhões de pessoas no mundo seguem uma dieta vegetariana . A maioria deles fazem isso com a melhor das intenções. Ou eles amam os animais muito para comê-los, ou eles estão optando por aquilo que eles vêem como um estilo de vida mais saudável. Uma dieta vegetariana saudável tem sido associada a menores taxas de obesidade, diabetes e doenças do coração .

O que muitas pessoas não percebem é que vegetariano não significa, necessariamente, baixo teor de gordura ou de baixo teor calórico.

Se você está comendo carboidratos ou alimentos ricos em amido, calóricos, você pode estar comendo mais.

Em outras palavras, se o queijo, massas são os fundamentos da sua dieta vegetariana, você ainda pode ganhar peso e ser saudável.

Corrigi-lo: Faça dos legumes a peça central de cada refeição. Adicione os grãos integrais, frutas e outros alimentos sem carne. Certifique-se de ter o suficiente de proteínas de fontes vegetais como feijão, nozes e tofu e aminoácidos essenciais de alimentos como arroz integral.

3. Superalimentos

Um fluxo constante de pesquisa reúne as vantagens de um alimento ou outro.Chocolate, vinho tinto, azeite de oliva, abacate, nozes e todos tiveram o seu dia de sol na dieta.

É verdade que esses alimentos trazem benefícios a saúde. Mas isso não significa que quanto mais, melhor.

Por exemplo, chocolate, azeite de oliva, abacate e nozes são ricos em calorias.

Uma colher de sopa de azeite de oliva tem 120 calorias. O vinho tinto é o álcool, que em grandes quantidades, pode aumentar o risco de problemas cardíacos e câncer.

Não existe um superalimento. O benefício dos alimentos só vai ser tão bom quando em conjunto com toda a sua dieta. Diferentes alimentos trabalham sinergicamente para toda a sua saúde.

4. Esnobando Carboidratos

No outro lado dos chamados superalimentos são alimentos que são demonizados.Se você limpar sua dieta deles, você poderia pagar um preço, nutricionalmente.

Os carboidratos são um excelente exemplo. Você quer cortar o pão branco e arroz branco, porque estes e outros grãos refinados são pobres em nutrientes. As diretrizes do governo dos EUA recomendam que pelo menos metade de seus grãos são grãos integrais.

Não corte os carboidratos completamente de sua dieta. Carboidratos são os alimentos principais para a energia. Pão integral, aveia e arroz integral são ricos em fibras e rica em vitaminas do complexo B, como ácido fólico , que são elementos essenciais.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline